Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Contos da Maré


Lendas urbanas, memórias de uma família e do local onde moram. Uma história de lobos, cobras e porcos para uma complexa Maré.

Somos Todos Sacys




O documentário produzido pela Confraria Produções, mostra a vida, paixão e morte do mito na tradição oral e suas re-significações nos dias atuais. Sendo este mito a alegoria de nossa cultura antropofágica, a relevância para o debate em torno do Sacy se faz pela motivação de pensar e redescobrir o Brasil. Você já viu um Sacy? Acredita em Sacy? Como é o Sacy? Por dois anos, os diretores desse documentário percorreram o interior de São Paulo formulando essas perguntas aos paulistas. Desse passeio encantado originou-se um filme lúdico e poético, tipicamente brasileiro.

Direção e roteiro: Rudá K. Andrade e Sylvio do Amaral Rocha / Montagem: Felippe Brauer, Rudá K. Andrade e Sylvio do Amaral Rocha / Animação: Érica Valle / Arte: Marcelo Comparini / Edição e Finalização: Felippe Brauer/ Locução: Tereza Freire / Produção de Campo: Jaime Soares / Músicas de: Batuque de Umbigada interpretado por Batuque de Tietê, Capivari e Piracicaba - Anecide Toledo, Duo Portal, Grupo Cachoeira!, Ivan Vilela, Kiko Carneiro, Gustavo Barbosa e Quarteto Perêrê Co-produção: STV.

A Macabra Ilha das Bonecas

video


Entre as tantas maravilhas naturais existentes no México, um lugar em especial, conhecido como Xochimilco, possui um encanto singular. A área, composta por quase 190 quilômetros de canais navegáveis e muita natureza, está repleta de misticismo.

 Ali, no meio de várias ilhas pequenas de água limpa e transparente, a apenas 20 quilômetros ao sul da capital federal, existe uma com um passado historicamente macabro e uma paisagem aterrorizante: a Ilha das Bonecas. 

O local, que durante mais de 25 anos teve como único residente Don Julián de Santana Barrera, é atualmente palco de um cenário de terror. Reza a lenda que, um dia, Don Julián encontrou o cadáver de uma menina que, aparentemente, havia se afogado em um dos canais da ilha.


segunda-feira, 14 de julho de 2014

UFC DENTRO DE PRESÍDIO NO ACRE E COM DIREITO A NARRAÇÃO E FILMAGENS





Não falta mais nada acontecer dentro dos nossos falidos presídios! Celular nós já sabemos que rola solto nas cadeias, drogas, televisão e todas as coisas que nós que estamos livres mal temos em nossas casas. E agora vejam só, UFC dentro do presídio.

O fato foi registrado dentro da Unidade Penitenciária Francisco de Oliveira Conde em Rio Branco, capital do Acre. Segundo informações de agentes penitenciários, o vídeo foi gravado de um aparelho celular pelos próprios detentos e a luta aconteceu na Unidade de Regime Provisório (URP).

Uma perícia vai identificar como o conteúdo foi gravado, quais os detentos envolvidos e informar as providências que serão tomadas. Fazer o quê né minha gente, isso é o nosso Brasil e assim que nossos detentos estão sendo reeducados. Como diz o ditado popular, mente vazia, sem nada para fazer, nem uma pedra para quebrar... Vira moradia do diabo!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Vídeo: Momento exato em que policial mata ladrão e evita roubo no DF

  

Jovem de 23 anos morreu no local e outro suspeito levou um tiro no braço. Tentativa de assalto aconteceu em posto do BRB da QNM3 de Ceilândia. 

Imagens registradas pelas câmeras de segurança de um posto de conveniência do BRB, em Ceilândia, no Distrito Federal, mostram o momento em que um policial civil atira contra dois homens evitando um assalto, na tarde desta segunda-feira (7). 

Um dos assaltantes, identificado como Tiago de Araújo, de 23 anos, morreu no local. Um terceiro assaltante, que não aparece nas imagens, conseguiu fugir, mas foi preso nesta terça-feira. Na gravação é possivel ver o momento em que um dos assaltantes rende o policial, que usa uma camiseta branca. 

Em seguida, o outro ladrão entra na loja. Quando ele olha para trás e manda os clientes encostarem na parede, o agente saca a arma e dispara contra Araújo. O outro assaltante, de 22 anos, levou um tiro no braço. O jovem ferido tem duas passagens por homicídio e uma por tráfico de drogas. Ele foi levado para o Hospital Regional de Ceilândia e não corre risco de morte, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

Policiais atiram e matam dono de bar em Manaus



 
Nas imagens, um homem aparece armado com uma uma garrafa na mão. Tudo teria começado após uma confusão em um bar. A PM foi chamada para conter o homem que armado ameaçava outras pessoas com uma faca e uma garrafa. A todo o momento as pessoas em volta pediam calma ao homem e pediam a PM para que não atirassem. 

Um dos policiais tentou mobilizar o homem com um pedaço de madeira. O homem reagiu indo pra cima do policial e seus colegas de farda mandaram muito chumbo e atiraram no homem que acabou morrendo no local. O fato ocorreu na noite da última segunda feira ( 07/09 ).

Vala Comum: documentário revela o destino dos mortos pela ditadura no Brasil



Vala comum é uma cova normalmente localizada em cemitérios onde um conjunto de cadáveres não identificados é enterrado sem nenhuma cerimônia, sem o conhecimento dos familiares e sem nenhum registro oficial. Vala Comum é o titulo do filme que João Godoy realizou em 1994 sobre 1.049 ossadas encontradas em uma cova no cemitério Dom Bosco, no bairro de Perus, periferia de São Paulo.

Mulher de Nem da Rocinha vai cumprir pena em casa para ficar ao lado da filha, decide juiz

http://primaveraquente.blogspot.com.br/2014/07/mulher-de-nem-da-rocinha-vai-cumprir.html


O desembargador Siro Darlan, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, aceitou o pedido da defesa de Danúbia de Souza Rangel e concedeu prisão domiciliar à mulher do traficante Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha. Danúbia poderá ficar em casa, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, com equipamento de monitoramento eletrônico.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Liberdade essa palavra

Documentário sobre censura em Minas Gerais sob Aécio Neves


Terrorista (1969)




1969 - Percy Sampaio Camargo, professor universitário de microbiologia da Unesp, é acusado de terrorismo. Repentinamente ele se vê obrigado a cair na clandestinidade. Aos 75 anos ele recorda aquele longínquo ano que convulsionou toda a sua vida. 

Percy não cometeu nenhum ato terrorista mas foi incriminado na época da ditadura de ser "um perigoso assaltante e assassino de pais de família". Exilado político no Chile e depois na Holanda, volta ao Brasil com a anistia em 1979. 

Percy não cometeu nenhum ato terrorista mas foi incriminado na época da ditadura de ser "um perigoso assaltante e assassino de pais de família". Exilado político no Chile e depois na Holanda, volta ao Brasil com a anistia em 1979. O filme é um diário falado, um documento sobre um homem que foi destinado a permanecer invisível mas que lutou a vida inteira - sacrificando afetos e bens materiais - por um ideal de democracia e de justiça social no Brasil e no Chile.


Marighella - Documentário Completo




O documentário “Marighella” pode ser descrito como um filme de investigação. Nele, a diretora Isa Grinspum Ferraz procura pistas para contar a história de seu tio, o homem mais perseguido pela ditadura militar brasileira.

“Para mim, ele era um mistério”, conta. Nas primeiras cenas do longa-metragem, é ela própria quem lembra o momento em que, a caminho do colégio, seu pai revelou a identidade enigmática do “tio Carlos”. “Ele estava sempre aparecendo e desaparecendo de casa”, narra a cineasta. Isa tinha 10 anos quando, em novembro de 1969, Marighella foi assassinado em uma rua de São Paulo. Hoje, além de cineasta e roteirista, ela é conselheira e diretora cultural da Fundação Darcy Ribeiro.



terça-feira, 8 de julho de 2014

domingo, 6 de julho de 2014

Dorothy Counts: a primeira negra a ir em uma escola nos EUA

É difícil imaginar que isso aconteceu a tão pouco tempo, mais especificamente em 04 de setembro de 1957 nos Estados Unidos. Foi nesta data que quarenta estudantes negros tiveram permissão para estudarem em escolas onde apenas brancos frequentavam; Dorothy Counts estava entre os quatro estudantes negros que puderam se matricular no ensino médio da Carolina do Norte.


domingo, 23 de fevereiro de 2014

Repórter flagra homicídio

Repórter da Record chega primeiro do que a polícia e acaba registrando um homicídio.

 

Lutas doc 5 - O que vem por aí

O epílogo, "O que vem por aí", é uma conversa sobre o futuro polarizada entre quem acha que o Brasil está em guerra civil e quem acredita que o crescimento econômico e político pode mudar a situação.



Lutas doc 4 - Heroína Sem Estátua

Quarto episódio da série Lutas Doc, "Heroína sem estátua", investiga a discriminação silenciosa das mulheres.




terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Lutas doc 3 - Fábrica de Verdades


Terceiro episódio da série - Lutas doc , "Fábrica de verdades", mostra como a mídia, especialmente a televisão, nega a violência e a brutalidade das relações sociais.

Lutas doc Episódio 2 - Recursos Humanos



Segundo episódio da série - Lutas doc, "Recursos humanos", volta-se para a escravidão e revela as cicatrizes sociais com suas tensões, ambiguidades e a dificuldade de passar das palavras a atos de transformação.

Lutas doc Episódio 1 - Guerra sem fim




A série de documentários Lutas.doc, faz uma reflexão profunda sobre a história da sociedade brasileira e o papel da violência na formação do povo. Dirigidos por Luiz Bolognesi e Daniel Augusto, os documentários têm um ritmo dinâmico e utilizam recursos de animação, trechos de filmes, entrevistas e análises. Os cinco episódios combinam densidade de reflexão com linguagem acessível, uma atração especial para o público jovem. Grandes pensadores brasileiros, personalidades da política e da cultura do país, além de nomes dos movimentos sociais, abordam várias facetas da violência no Brasil com um olhar crítico e ousado. Entre essas personagens que passam em revista a história da sociedade brasileira estão os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso. Episódio de estreia retrata a violência antes mesmo da colonização

Cara de pau é para os fracos

Ladrão cara de pau parecido com famosos... 

 

Mário Sérgio Cortella defende punição a torcedores racistas

Mário Sérgio Cortella defende punição a torcedores racistas. O filósofo participou de um programa esportivo em que o tema principal era o Racismo no Futebol. Cortella afirma que o racismo é uma forma covarde de preconceito, uma maneira de diminuir o indivíduo que é diferente e representa uma ameaça a quem pratica.




quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Após protestos, Dilma mudará discurso de 'legado da Copa' para ufanismo do 'país do futebol'

http://primaveraquente.blogspot.com.br/2014/02/apos-protestos-dilma-mudara-discurso-de.html
O governo federal mudou o discurso em relação à Copa depois que pesquisas internas apontaram no ano passado que a população via com ceticismo o "legado" do evento e enxergava as obras como uma "maquiagem" para garantir o sucesso do Mundial.


Policial VOA sobre LADRÃO de bicicleta

Esse vai dormir no quentinho...



http://primaveraquente.blogspot.com.br/2014/02/o-estilete-foi-o-bisturi-usado-por.html




O estilete foi o bisturi usado por Orlando Vaz, 84 anos, morador do Bairro Floresta, em Cascavel, para fazer uma espécie de “autocirurgia”. O homem sofria de dores por causa de uma hérnia e, cansado de esperar por um leito pelo SUS (Sistema Único de Saúde), decidiu realizar o procedimento em casa, no meio do ano passado.


O enganador do século

Como enganar milhões de pessoas ignorantes e se tornar um dos homens mais ricos do Brasil...
http://primaveraquente.blogspot.com.br/2014/02/o-enganador-do-seculo.html